Festival de música de Muqui divulga programação completa

_MG_7340

Multilpliqui acontece nos dias 8 e 9 de setembro shows gratuítos

O Festival Jovem de Integração Cultural de Muqui – Multipliqui, divulga a programação completa da 3ª edição, que acontece nos dias 8 e 9 de setembro, com shows musicais de convidados e competitivos, na Praça João Batista, em Muqui, no sul do Espírito Santo.

Em 2017, o show de abertura fica por conta da banda Mary Di, intercalando performances teatrais e de estética circense com a pegada rock da ‘pin up’.  Mary Di é uma personagem incorporada pela vocalista (e atriz,  Maria Barros, conhecida no Brasil pela atuação com autenticidade em suas releituras musicais.

No sábado, a partir das 22h30,  três bandas independentes do estado se apresentam e concorrem ao  Prêmio Multi Bandas. O melhor grupo da noite será escolhido por júri popular.

São elas: Los Zombres, grupo de Hip Hop que explora as possibilidades da música negra pop e mescla com as vertentes latinas; In-versão Brasileira, com  sonoridade de Rap/Soul; e Machimbo no estilo reggae.

O 3º Multipliqui é uma realização do Coletivo Multipliqui, representado por Júlio Valim e produzido pela Caju Produções, com apoio do Funcultura da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo através do Edital Setorial de Música.

Multipliqui: Saia do quadrado!

Em 2017, o Festival de Integração Cultural de Muqui continua com foco na música com apresentação de artistas locais do Espírito Santo, abrindo seu leque de diversidade sonora, com bandas independentes e autorais. O tema desta edição é “Saia do quadrado”, valorizando a diversidade.

O festival

O Multipliqui (com i mesmo, de Muqui, de integração, de invenção e interação) é um projeto de integração cultural que foi realizado pela primeira vez em 2014, como um movimento de cultura fruto da união de coletivos jovens, propondo ações de intercâmbio cultural e de linguagens, incentivando o turismo cultural e a economia criativa em parceria com o poder público, instituições culturais e sociedade civil. O objetivo do evento é promover trocas culturais nas mais diversas linguagens artísticas, movimentando a juventude do interior sul capixaba com experiências coletivas, tendo como palco principal das ações a cidade de Muqui, maior sítio histórico do estado.

 

Contatos:

Sullivan Silva

Caju Produções

(27)3026 0051 – 99814-3649

contato@cajuproducoes.art.br

 

08 DE SETEMBRO | SEXTA-FEIRA

Praça João Batista, Muqui (ES) | gratuito

>> 22h30

Show de abertura do Multipliqui

Banda Mary Di

O show “A peça” apresenta ao público a nova composição visual e cênica da

banda.  É um show intercalado com performances teatrais e de estética circense, com a pegada rock da ‘pin up’ Mary Di – personagem incorporada pela vocalista (e atriz), Maria Barros, conhecida no Brasil pela atuação com autenticidade em suas releituras musicais.

Destaca-se este show também pela beleza da composição geral, do cenário, dos figurinos e das melodias de suas músicas. Tudo está ligado a um conceito único para um show inesquecível.

09 DE SETEMBRO | SÁBADO

>> 22h30

Grupo “Los Zombres”, de Serra (ES)

Banda Los Zombres

Banda Los Zombres

O grupo Los Zombres nasceu de uma reunião de rappers, músicos, cantores e artistas capixabas com o objetivo de explorar as possibilidades da música negra pop e em especial mesclar com as vertentes latinas. Boa parte das composições apresenta o som de instrumentos de sopro, tambores latinos e diversas referências que podem também tornar a música o mais rica possível para o seu público. No Multipliqui 2017, o grupo Los Zombres se apresenta com o lançamento do CD ‘La Vitoria’.

 

>> 23h15

Banda “In-Versão Brasileira”, de Vila Velha (ES)

Com Sinhô Cyclop [Vocal], Junior Silva [Guitarrista] e Silla Moll [Vocal]

Forjado no encontro da cri dos guetos de Vila Velha com influência da poesia contundente de nomes como Racionais MC’s e Sabotage, o grupo In-Versão Brasileira surge no cenário Rap capixaba com o disco “Fé, Luta e Diversão e rapidamente ganha experiência internacional participando do projeto Espírito Mundo, na França em 2009. Nos anos seguintes foi presença constante, como atração ou recebendo algum prêmio no Festival Hutus, promovido pela Central Única das Favelas (CUFA), e considerado o maior festival de Rap da América Latina.

Em 2014, já com uma nova formação (Sinhô Cyclop e Júnior Silva), o grupo dá início a gravação de seu segundo disco, intitulado “Re-Inverso”, com a produção musical de Thiago Perovano.

 

>> 00h00

Banda “Machimbo”, de Alegre (ES)

Com Rumenick Ococha [Vocal], Warlen Campos [Baixo], Rodrigo Novo [Guitarra], Guilherme Madeira [Guitarra] e Anderson Marques [Bateria].

IMG_3600(1)

A Machimbo foi formada em Alegre-ES em Outubro de 2010 com o intuito de entrar no cenário da música nacional. O EP lançado em 2012 intitulado “A Dança dos Ventos” trouxe influências do rock e reggae. O disco composto por 8 faixas foi divulgado nas rádios da região e pela internet. No ano de 2015 a banda retornou residindo em Vitória-ES, com uma nova formação e um novo projeto. Lançado o primeiro clipe, a música de trabalho “Mais Além”, viria fazer parte do disco “Elevado” gravado no início de 2016, junto com o novo clipe da música “À Deriva”, todos de forma independente.

Banda Machimbo

>> 00h45

Premiação | encerramento

Entrega do troféu “Múltiplos”

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *