Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo

Cinema Ambiental do Espírito Santo em destaque na América Latina

Encontro de produtores de Cinema Ambiental O Festival de Cinema Ambiental e Sustentável do Espírito Santo, Cine.Ema, que chega a quarta edição, nos dias 8 e 9 de junho, no distrito de Burarama, Cachoeiro de Itapemirim, é o único em execução com a temática sobre o Meio Ambiente no Estado. Evento que envolve a sociedade civil, principalmente jovens nos debates sobre as carências dos recursos naturais e importância da sustentabilidade e preservação da natureza.

Em agosto do ano passado o Cine.Ema participou do primeiro encontro de produtores de festivais de Cinema Ambiental da América Latina, que aconteceu em Santos, São Paulo,com o tema “O meio é o todo”. Além das discussões sobre as dificuldades e facilidades de fazer um festival de cinema, foi criado uma rede de compartilhamento de experiências e mobilização para assuntos ligados ao Meio Ambiente.

“Ali todos os produtores da américa tiveram o conhecimento e a consciência de que esse festival existe. Depois desse encontro criamos um grupo que sabemos tudo que está acontecendo e que está sendo preparado para os festivais”, disse Tânia Caju, que representou o Cine.Ema no encontro.

Atuando em questões ambientais no estado desde 2011, o Instituto Últimos Refúgios,  co-realizador do Cine.Ema, surgiu pela necessidade de educação ambiental através da imagem. Em Burarama, o festival envolve a comunidade e estudantes das escolas da região em sua programação. Segundo a curadora do festival Ilka Westermeyer, é preciso sensibilizar os jovens sobre a questão ambiental.

É muito urgente sensibilizar de qualquer forma. Estamos no limite. E o cinema ambiental é uma nova forma de chegar principalmente ao público mais jovem. O cinema, o vídeo é uma coisa que se move que sensibiliza mais rápido”, defende Ilka.

FESTIVAIS

Na América Latina crescem os eventos de cinema e Meio Ambiente. Tem festivais na Patagônia, Estados Unidos, Canadá, Argentina, entre outros países. No Brasil, criado em 1999, no estado de Goiás, o Festival Internacional de Cinema Ambiental “Fica”, além de discutir questões ambientais através do cinema, tem o objetivo de estimular a produção cinematográfica.

“Os Festivais Ambientais são importantes para despertar a consciência de preservação, principalmente nos jovens, através da sétima arte, denunciando e demonstrando as belezas naturais que ainda temos.  Em nosso festival, a importância agora está na atitude que cada um tem perante a natureza. A época de denúncia foi feita, nos resta aplicar o que aprendemos”, afirmou um dos organizadores do Fica, Nasr Fayad Chaul.

FESTIVAIS DE CINEMA AMBIENTAL NO BRASIL

Fonte: Green Nation

Festival de Cinema Ambiental e Sustentável do Espírito Santo – Cine.Ema

A Pedra da Ema é conhecida nacionalmente e é uma das referências naturais do município de Cachoeiro de Itapemirim, localizada no distrito de Burarama. O que encanta na pedra é uma saliência que, de acordo com a posição do sol, forma a figura perfeita de uma Ema. Pode se chegar ao local por estrada asfaltada, com direito a muito verde. O “Cine.ema” é um festival de cinema ambiental criado no Espírito Santo pensado para ser realizado neste distrito e envolvendo a cultura e a riqueza ecológica da região, valorizando também o turismo cultural já que este é hoje uma realidade para muitos municípios que buscam desenvolver-se de forma sustentável e agregar mais valor à sua cidade. O Cine.Ema foi realizado pela primeira vez em julho de 2015.

cineema_burarama-103

Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental de Goiás – Fica

O Fica foi criado por influência do CineEco de Seia, Portugal, como uma ideia de discutir as questões ambientais através do Cinema e estimular a produção cinematográfica se Goiás, extremamente tímida em 1999. Aproveitando também a candidatura da cidade de Goiás a Patrimônio Mundial.

FICA - Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental. Foto: reprodução facebook/Fica

FICA – Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental. Foto: reprodução facebook/Fica

Festival de Cinema e Meio Ambiente de Guararema

O Festival de Cinema e Meio Ambiente de Guararema nasceu para transformar a vida cultural de duas importantes e prósperas regiões do estado de São Paulo. Estamos falando do Alto do Tietê e o Vale do Paraíba que juntas chegam a marca dos 4 milhões de habitantes. Apesar da proximidade com a capital paulista, dezenas de municípios pertencentes a estas localidades padecem com a falta de cultura e arte para todos. Este fato foi fundamental para o surgimento da ideia inicial e Guararema, com suas belezas naturais e o grande apelo ambiental, tornou-se o palco essencial. O Festival, além da conscientização ambiental criada através de manifestações e palestras temáticas, tem como principal objetivo levar produções do cinema brasileiro a esta enorme população tendente, mas sem possibilidades de acesso ao entretenimento que só a magia do cinema nos proporciona. Usar a cultura como ferramenta educacional também é um outro foco a ser atingido.

Festival de Cinema e Meio Ambiente de Guararema. Foto: reprodução facebook

EcoVision Festival

O EcoVision Festival é uma conexão entre três grandes países, a favor da consciência ambiental, e com grandes documentários. O festival italiano está hospedado em Palermo e o objetivo é aumentar a conscientização sobre as questões ambientais globais, através da utilização de documentários. Filmes que debatem os temas ambientais, podem competir na principal competição na modalidade européia do festival, que também ocorre na China e no Brasil.

CineCipó

O Cinecipó – Festival de Cinema Sócio-Ambiental da Serra do Cipó soma forças à discussão sobre meio-ambiente, diversidade, preservação, sustentabilidade e outros conceitos e ações que são vitais para se pensar o presente e o futuro da humanidade.

CineCipó. Foto: reprodução facebook

Circuito Tela Verde

Trata-se do Circuito Tela Verde, uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e apoio do Ministério da Cultura (MinC), com a finalidade de sensibilizar a sociedade para a questão ambiental.

Com exibição de 51 filmes dos mais variados tipos, desde documentários produzidos por agentes ambientais até curtas de animação de um minuto.

Festival do Rio – Mostra Meio Ambiente

A Mostra Meio Ambiente reúne filmes que abordam as transformações climáticas, ambientais e ecológicas – nem sempre positivas – pelas quais o mundo está passando. Criada em 2009, com imenso sucesso de público, em sua segunda edição, já passou de 8 para 12 filmes.

Fri Cine Ambiental

O FRI CINE SOCIOAMBIENTAL– Festival Internacional de Cinema Socioambiental de Nova Friburgo – visa a exibição, a divulgação e a premiação de filmes, vídeos, idéias e ações que, por seus conteúdos e pela expressividade e originalidade de suas linguagens e formas, contribuam para a solução dos graves problemas sociais e ambientais que perturbam dramaticamente a vida na Terra.

O Festival foi criado em 2006, inicialmente com a denominação de Muri Cine Vídeo Ambiental, tendo por objetivo promover filmes e vídeos capazes de estimular a percepção do público para as questões socioambientais e alertar para a urgência de se preservar a natureza e os valores ecológicos, culturais e turísticos da Mata Atlântica na região de Nova Friburgo.

Environmental Film Festival

O EFF, como é comumente chamado, acontece na capital dos Estados Unidos, Washington D.C., e alerta para os diversos problemas ambientais que o país vem sofrendo ultimamente. Em sua 21º edição, o festival acontece no mês de março e conta com o apoio de diversos outros estados e nações para sua realização. Trazendo temas diferentes todos os anos, o festival exibe desde filmes independentes até aqueles com envolvimento de grandes astros de Hollywood, como Ben Affleck.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *