Da câmera ao binóculo: jovens aprendem técnicas de cinema e observação de aves

O fotógrafo de natureza Léo Merçon irá ministrar a oficina de Observação de Aves. Foto: Joarley Rodrigues

Oficinas fazem parte da programação do festival Cine.Ema Itinerante, que acontece de 17 a 22 de setembro em reserva ambiental de Vargem Alta (ES)

Muito se fala na necessidade da preservação do meio ambiente e a educação ambiental é fator determinante para que as pessoas conheçam a fundo os riscos e as proporções do mau uso dos recursos ambientais. Para incentivar que crianças e jovens despertem o interesse por essas questões, além da programação de filmes e shows o Cine.Ema Itinerante – Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo traz atividades de observação de aves e produção de vídeos dentro da floresta. O festival acontece entre os dias 17 e 22 de setembro, na Reserva Ambiental Águia Branca, em Vargem Alta (ES).

As oficinas são os pilares educativos do Cine.Ema. Estudantes de escolas públicas da região terão a oportunidade de contato com criação de conteúdo criativo, refletindo sobre a própria consciência de preservação ambiental.

A prática de observação de aves será ministrada pelos fotógrafos de natureza Léo Merçon e Felipe Ventura. É voltada para crianças e compreende em incursões de observação de espécies de passarinhos na mata. O objetivo é conhecer as espécies, catalogá-las e fotografá-las, sempre respeitando o meio ambiente. “Os participantes se envolvem ao terem contato direto com a natureza e levam para a vida valores como a sustentabilidade e o respeito ao meio ambiente”, declara Léo Merçon.

Ilka Westermeyer vai ministrar oficina de cinema e vídeo

Já a oficina de cinema e vídeo ambiental será realizada pela cineasta alemã Ilka Westermeyer com a finalidade de capacitar e proporcionar experiências de jovens no cinema, resultando em um micro-documentário sobre algum tema de recorte ambiental da região. “É uma grande oportunidade para o desenvolvimento de talentos. As crianças começam fazendo isso como hobby, e depois podem até seguir uma profissão nessa área”, afirma Merçon.

O Cine.Ema Itinerante em Vargem Alta tem o apoio da Prefeitura Municipal de Vargem Alta e da Reserva Ambiental Águia Branca, com o patrocínio do Grupo Águia Branca. O evento é uma realização da Caju Produções, Instituto Últimos Refúgios e Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo à Cultura.

Ver e fazer cinema na mata

Reserva Ambiental Águia Branca vai receber o Cine.Ema

Pela primeira vez fora de casa, o Cine.Ema – Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo, realizado há quatro edições em Burarama (ES), apresenta agora uma experiência audiovisual inédita dentro da mata, na Reserva Ambiental Águia Branca, em Vargem Alta (ES), uma área preservada de 2225 hectares entre os parques de Forno Grande e da Pedra Azul.

Inspirado na Pedra da Ema, ícone paisagístico e natural do Espírito Santo, o Cine.Ema é um projeto cultural de ampliação da consciência ambiental através do cinema. A programação traz filmes de ficção, animação e documentário com foco no meio ambiente, além de música, oficinas e outras atividades.

Serviço
Cine.Ema Itinerante – Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo
Data: 17 a 22/9
Atrações: mostras de filmes, oficinas e shows com “No Seu Abracinho” e grupo “Moxuara”
Local: Reserva Ambiental Águia Branca, Vargem Alta. Rodovia ES 164, Km 303, próximo ao Hotel Monte Verde Golf & Resort
Entrada gratuita

Mais informações pelas redes sociais:
Link do evento: www.facebook.com/events/218354052207547/
Link da página Cine.Ema: www.facebook.com/ema.cine
Instagram do Cine.Ema: www.instagram.com/cine.emafestival

Faça sua inscrição para a palestra “Reservas: Últimos Refúgios da Natureza”

Reserva Ambiental Águia Branca recebe o Cine.Ema Itinerante. Foto: Leonardo Merçon

INSCRIÇÕES ABERTAS

Palestra com foco em reservas ambientais marca a abertura do
Cine.Ema em Vargem Alta (ES)

Estão abertas as inscrições para a palestra “Reservas: Últimos Refúgios da Natureza”, que marca a abertura do Cine.Ema – Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo na Reserva Águia Branca, em Vargem Alta (ES). A atividade será ministrada pelo fotógrafo de natureza e presidente do Instituto Últimos Refúgios Léo Merçon, e terá início às 16 horas com café da tarde.

As inscrições devem ser feitas pela internet, por meio de um formulário online. As vagas para a palestra são limitadas e seguirão abertas até o seu preenchimento completo.

Clique aqui e faça sua inscrição!

A Reserva Ambiental Águia Branca está localizada na Rodovia ES-164, Km 303, em Vargem Alta. A referência para chegada ao evento é o Hotel Monte Verde Golf & Resort.

Fotógrafo Léo Merçon ministra palestra na abertura do Cine.Ema. Foto: Divulgação

O Cine.Ema
Inspirado na Pedra da Ema, cartão postal e ícone paisagístico e natural do interior do Espírito Santo, o Festival de Cinema Ambiental e Sustentável do Espírito Santo (Cine.Ema) é um projeto social e cultural de ampliação da consciência ambiental através do cinema, difundindo obras audiovisuais que tematizam e refletem sobre o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável em mostras gratuitas. Amparado em três eixos principais que sustentam sua proposição (comunidade, memória e educação) o evento tem como objetivo principal a formação de público do interior no audiovisual.

Reserva Ambiental Águia Branca
Cercada do verde da Mata Atlântica, a Reserva Ambiental Águia Branca, com 2.225 hectares, constitui um dos fragmentos maciços primários de Mata Atlântica do Espírito Santo. Localizada entre os Parques de Forno Grande e da Pedra Azul, contribui para a conexão entre as duas Unidades de Conservação, interligando fragmentos florestais e preservando a biodiversidade, sendo relevante para as Bacias Hidrográficas de Rio Novo e Itapemirim, já que as florestas desempenham papel importante para a infiltração da água no solo.

Na reserva há a ocorrência da saíra-apunhalada (Nemosia rourei), que figura na lista dos animais ameaçados de extinção. A ave é típica da região e chegou a ser considerada extinta por mais de 50 anos. Contudo, no final da década de 1990, pesquisadores comprovaram sua existência nas Regiões Sul e Serrana do Espírito Santo. O local é bastante procurado por observadores de pássaros de todo o mundo.

O Cine.Ema Itinerante em Vargem Alta tem o apoio da Prefeitura Municipal de Vargem Alta e da Reserva Ambiental Águia Branca, com o patrocínio do Grupo Águia Branca. O evento é uma realização da Caju Produções, Instituto Últimos Refúgios e Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo à Cultura.

Serviço

Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo (Cine.Ema)
Data: 17 a 22/9
Local: Reserva Ambiental Águia Branca, em Vargem Alta
Mais informações:
Link do evento:
www.facebook.com/ema.cine
www.instagram.com/cine.emafestival

Filmes produzidos por moradores de Vargem Alta em destaque

                        O curta-metragem Vinillis Frutiferis, com direção de Victorhugo Passabon                                                                                integra a “Mostra Olhar Local”

Anfitriões do Cine.Ema, moradores de Vargem Alta terão um momento especial no evento. É que a “Mostra Olhar Local” vai destacar filmes de curta-metragem de ficção e animação produzidos e rodados na cidade capixaba.

Os filmes que integram a “Mostra Olhar Local” são: Vinillis Frutiferis, de Victorhugo Passabon Amorim e A Viagem do Seu Arlindo, Sheila Altoé, produzidos pelo projeto “Revelando os Brasis”, além dos curtas De onde vem?, No tempo da Nona, A Lenda do Amor Proíbido, Trem sem Destino, e TV Castelinho, produções de alunos da EMEB João Domingos Fassarella. A exibição será no dia 22 de setembro, às 19 horas, na Reserva Ambiental Águia Branca, com entrada gratuita.

Serviço
Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo (Cine.Ema)
Data: 17 a 22/9
Local: Reserva Ambiental Águia Branca – Km 303, Rodovia ES-164, Vargem Alta (ES)
Mais informações:
www.facebook.com/ema.cine
www.instagram.com/cine.emafestival

Reserva Ambiental Águia Branca recebe o Cine.Ema

           A Reserva Ambiental Águia Branca, em Vargem Alta, possui área com 2.225 hectares

Nesta edição do Cine.Ema o público vai viver uma experiência inédita e incrível dentro da mata, na Reserva Ambiental Águia Branca, área com 2225 hectares, que constitui um dos fragmentos maciços primários de Mata Atlântica do Espírito Santo. Localizada entre os Parques de Forno Grande e da Pedra Azul, contribui para a conexão entre as duas Unidades de Conservação, interligando fragmentos florestais e preservando a biodiversidade, sendo relevante para as Bacias Hidrográficas de Rio Novo e Itapemirim, já que as florestas desempenham papel importante para a infiltração da água no solo.

Na reserva há a ocorrência da saíra-apunhalada (Nemosia rourei), que figura na lista dos animais ameaçados de extinção. A ave é típica da região e chegou a ser considerada extinta por mais de 50 anos. Contudo, no final da década de 1990, pesquisadores comprovaram sua existência nas Regiões Sul e Serrana do Espírito Santo. O local é bastante procurado por observadores de pássaros de todo o mundo.

Serviço
Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo (Cine.Ema)
Data: 17 a 22/9
Local: Reserva Ambiental Águia Branca – Km 303, Rodovia ES-164, Vargem Alta (ES)
Mais informações:
www.facebook.com/ema.cine
www.instagram.com/cine.emafestival

Cine.Eminha: show e mostra infantil para crianças na reserva

O curta “Os Segredos do Rio Grande” mostra que a preservação do meio ambiente começa com pequenas atitudes 

Realizado há quatro edições em Burarama, o Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo (Cine.Ema) chegará à Vargem Alta entre os dias 17 e 22 de setembro, em sua primeira versão itinerante fora do município de Cachoeiro de Itapemirim. E a programação, totalmente gratuita, vai incluir ações muito divertidas para as crianças, como oficinas e show da banda “No Seu Abracinho”.

O público mirim não vai desgrudar os olhos da tela durante o Cine.Eminha, uma mostra exclusiva para as crianças. Serão exibidos os curtas “Os Segredos do Rio Grande”, “Bolona de Pelo”, “As Aventuras da Marigota” e “O Menino Leão e a Menina Coruja”, no dia 21 de setembro, a partir das 18 horas, na Reserva Ambiental da Águia Branca.

O Cine.Ema Itinerante em Vargem Alta tem o apoio da Prefeitura Municipal de Vargem Alta e da Reserva Ambiental Águia Branca, com o patrocínio do Grupo Águia Branca. O evento é uma realização da Caju Produções, Instituto Últimos Refúgios e Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo à Cultura.

O Menino Leão e a Menina Coruja será exibido no festival

Sobre os curtas
Em “Os Segredos do Rio Grande”, de Analúcia Godoi, desenvolvido pelos alunos de duas escolas municipais que participaram do “Projeto Animação”, o público vai conferir que a preservação do meio ambiente começa com pequenas atitudes e conta a história de personagens ligados ao rio que precisam cuidar e preservar este habitat e garantir sua sobrevivência. Com suas águas cristalinas, o Rio Grande traz segredos, belezas e também benefícios. É preciso mantê-lo limpo, sem lixo, cuidar das nascentes e preservar matas ciliares, para que toda essa riqueza se mantenha por muitos anos.

Já “Bolona de Pelo”, de Almir Correia, apresenta Baixinho, que encontra uma bolona de pelo abandonada e a leva pra casa, tentando convencer o primo Bum a ficar com ela. Em “As aventuras da Marigota – Quem conta um conto, aumenta um ponto”, de Daniel Barosa e Nikolas Maciel (SP), o público vai acompanhar a pequena Marigota, que vive feliz com sua família em Aguápolis. Mas o clima está quente demais e fofocas começam a espalhar.

Finalizando a mostra infantil, será exibido “O menino leão e a menina coruja”, de Renan Montenegro (DF), curta que destaca o universo das pessoas-animais, seres que misturam características humanas e animais.

Show

Banda No Seu Abracinho tem repertório repleto de clássicos voltado para crianças

A banda “No Seu Abracinho” fará um show especial que promete encantar o público infantil e também os adultos que forem prestigiar o Cine.Ema. Formado pelos músicos da Regionalzinho da Nair, o show terá um repertório repleto de clássicos voltado para crianças, com sucessos do Sítio do Pica-Pau Amarelo, Os Saltimbancos e muito mais. A apresentação será no dia 21, às 17 horas.

Serviço
Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo (Cine.Ema)
Data: 17 a 22/9
Local: Reserva Ambiental Águia Branca – Km 303, Rodovia ES-164, Vargem Alta (ES)
Mais informações:
www.facebook.com/ema.cine
www.instagram.com/cine.emafestival

Ver e fazer cinema na mata

Mostra de Cinema Ambiental do Cine.Ema sai de Burarama pela primeira vez e será realizada dentro da Reserva Ambiental Águia Branca, em Vargem Alta

O evento sai de um corredor ambiental para uma reserva nas montanhas capixabas

Já pensou ir ao cinema de um jeitinho totalmente diferente, com uma tela cercada de árvores, cachoeiras e muitos passarinhos? Pela primeira vez fora de casa, o Cine.Ema – Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo, realizado há quatro edições em Burarama (ES), apresenta o melhor de suas obras audiovisuais em uma experiência inédita e incrível dentro da mata, na Reserva Ambiental Águia Branca, nas montanhas de Vargem Alta (ES). O evento vai acontecer entre os dias 17 e 22 de setembro.

Com programação selecionada, as mostras do festival trazem filmes de ficção, animação e documentário que refletem sobre as questões ambientais do nosso tempo, além de música, oficinas e outras atividades para adultos e crianças. As ações educativas começam no dia 17 de setembro com oficinas de cinema e de vídeo ambiental e observação de aves dentro e fora da reserva. Já nos dias 21 e 22 de setembro vão acontecer as mostras de cinema, sendo uma exclusiva infantil além de shows musicais e feirinha com empreendedores locais.

O produtor Léo Alves, da Caju Produções, destaca que o Cine.Ema Itinerante vai oportunizar a realização do projeto em outras áreas que tenham sinergia com o meio ambiente. “O evento sai de um corredor ambiental para uma reserva nas montanhas capixabas. Esta é uma experiência inédita, uma oportunidade de praticarmos as nossas ações de educação ambiental em outros territórios do Espírito Santo”, comemora. A Reserva Ambiental Águia Branca fica no Km 303, Rodovia ES-164, em Vargem Alta.

O Cine.Ema
Inspirado na Pedra da Ema, cartão postal e ícone paisagístico e natural do interior do Espírito Santo, o Festival de Cinema Ambiental e Sustentável do Espírito Santo (Cine.Ema) é um projeto social e cultural de ampliação da consciência ambiental através do cinema, difundindo obras audiovisuais que tematizam e refletem sobre o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável em mostras gratuitas. Amparado em três eixos principais que sustentam sua proposição (comunidade, memória e educação) o evento tem como objetivo principal a formação de público do interior no audiovisual.

O Cine.Ema Itinerante em Vargem Alta tem o apoio da Prefeitura Municipal de Vargem Alta e da Reserva Ambiental Águia Branca, com o patrocínio do Grupo Águia Branca. O evento é uma realização da Caju Produções, Instituto Últimos Refúgios e Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo à Cultura.

Serviço
Festival de Cinema Ambiental do Espírito Santo (Cine.Ema)
Data: 17 a 22/9
Local: Reserva Ambiental Águia Branca – Km 303, Rodovia ES-164, Vargem Alta (ES)
Mais informações:
www.facebook.com/ema.cine
www.instagram.com/cine.emafestival

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O 7º FECIN

Divulgação marca fecin

Séries de TV voltam a fazer parte da seleção e premiação do festival em Muqui

Estão abertas até o dia 30 de julho as inscrições de obras de curta-metragem e séries de TV da sétima edição do FECIN, o Festival de TV e Cinema do Interior do Espírito Santo realizado em Muqui, maior sítio histórico do estado. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas por produtoras independentes e cineastas brasileiros no site da Caju Produções onde o proponente poderá acessar o regulamento com as regras gerais da seleção.

Inscrições: https://bit.ly/2Jd0m63  

Regulamento: https://bit.ly/2kQwwFN

Previsto para novembro de 2018, o Fecin realizará duas mostras competitivas. Numa delas serão selecionados filmes de curta-metragem de até 15 minutos nos gêneros de ficção, documentário, animação, experimental ou híbrido finalizados entre 2016 e 2018. Na outra, que marca a retomada dos diálogos e mostras de TV, o festival selecionará episódios de séries ou pilotos inéditos nas categorias ficção, documentário e ou animação de até 13 minutos de duração, exibidos em grade nacional – aberta ou fechada –  lançados entre 2015 e 2018, todos inéditos no evento. Os filmes selecionados pela curadoria serão exibidos no festival e os melhores filmes eleitos pelo júri receberão o troféu “Catraca”, tradicional premiação do evento.

O FECIN, Festival de Cinema do Interior do Espírito Santo  é uma ação cultural de cunho cinematográfico realizada desde 2012 no sítio histórico da cidade de Muqui. O projeto foi criado no intuito de expandir o diálogo audiovisual capixaba promovendo seu fomento e valorização. O objetivo da iniciativa é potencializar o cinema em comunidades interioranas. Desde 2013 o evento reforça o conceito do IN, de INterior, também explorando temas como a INdependência, a INternacionalização, a INvenção, a INtegração, a INspiração, a INtrospecção, o INfinito, dentre outras palavras que reforçam o IN das criações humanas. Neste contexto temático, o FECIN este ano fortalece o conceito de Memória & Patrimônio.

MEMÓRIA DA COR

Inspirado nos trabalhos desenvolvidos pela artista multimídia Monica Nitz (ES), a nova edição do Fecin reflete sobre a memória da cor, tema que ilustra não apenas a identidade visual do evento, como as ações de intercâmbio cultural protagonizadas por artistas e jovens em uma atividade de imersão artística que evidencia Muqui, seu patrimônio, a memória e as características socioculturais do município.

Como as sete cores do arco-íris, o Fecin chega à sua 7ª edição quase como um fenômeno óptico: a luz da tela ilumina praças e ruas e faz olhos brilharem. Estendemos nosso olhar para a cidade como patrimônio, para o cinema e as relações entre eles. O Fecin é o único  festival de cinema do interior do Espírito Santo realizado em sítios históricos preocupado em formar público e democratizar a cultura através da difusão de obras audiovisuais brasileiras, promovendo diálogos e formações.

A memória do passado visual arquitetônico da cidade, mescla-se com as cores e multiplicidades da cultura popular: o Boi pintadinho e a Folia de Reis, manifestações culturais e folclóricas tradicionais do município, e se ressignificam com o olhar de quem chega na cidade, participa, integra e se apaixona por essa cultura de cores.

 

SERVIÇO

Inscrições abertas para o 7º FECIN

Caju Produções

Rua Aleixo Neto, 636, fundos, Praia do Canto, Vitória (ES)

(27) 3026 0051

cajuprod@gmail.com

O que fazer na vila de Burarama

Cachoeira dos Perim

Localizada a 40 quilômetros de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, a  Vila de Burarama, aguarda os visitantes com as atrações do interior, com destaque para poços, cachoeiras e propriedades rurais.

A região faz parte do projeto Corredores Ecológicos, do Instituto Capixaba de Ecoturismo (ICE), com grande potencial turístico. Um dos lugares para conhecer é corredor que fica entre Burarama, Pacotuba e Cafundó (Não a de Judas rsr), uma grande área de conservação da Mata Atlântica.

As propriedades  rurais é de todo aconchego entre as formações rochosas que formam diversas quedas d’água.

CACHOEIRAS E POÇOS:

Cachoeira do Perim;

Poço dos Carás;

Poço Preto;

Poço do Pedro:

Veja como chegar ao charmoso distrito que sedia o Cine.Ema

CINE.EMA

Pouco mais de 40 quilômetros separam a linda e aconchegante Burarama de Cachoeiro de Itapemirim. A chegada ao bucólico distrito é através da rodovia Cachoeiro-Alegre. A estrada é pavimentada e a sinalização eficiente garante as informações necessárias para chegar ao local.

Vale uma dica: as belezas do lugar vão proporcionar fotos incríveis! E quando for postar, não esqueça de marcar as redes sociais do Cine.Ema.

Saiba onde se hospedar em Burarama para o Cine.Ema

Foto: Detinha Son

Foto: Detinha Son

O jeito bucólico de Burarama remete a rodas de conversa na rua, cafezinho da tarde na casa do vizinho e este clima de aconchego está refletido nas hospedagens disponíveis no local. No distrito, as opções são os conhecidos como ‘Cama e Café’, onde os hóspedes ficam acomodados em quartos de casas particulares, com direito a delicioso café da manhã. E o melhor de tudo, todas pertinho de onde acontece o Cine.Ema, que esta semana vai movimentar o distrito, com uma seleção especial de curtas-metragens e shows variados!

Ainda não fez a sua reserva? Então anote os contatos?

Angela Gava – (28) 99993-7933
Gracinha Sabadine – (28) 99992-9122
Maria Aline – (28) 99963-3571
Marlucia Bermute – (28) 99966-9208
Telma Gava – (28) 99949-0260
Mere – (28) 99957-4541
Maria Aparecida – (28) 99942-5564 Kátia Perim (28) 99991-5665