O projeto “Arte Entre Morros” originou-se de uma união de moradores e artistas de Muqui interessados em valorizar a arte na cidade em especial a ação surgiu da vontade de se utilizar em pinturas em moldes vazados, ícones da cultura, fato este, que surgiu após grande arquivo fotográfico de detalhes da Cidade, como ladrilhos hidráulicos, janelas e personagens da cultura, coletados por Lívia Vieira de Mendonça, engajadora cultural e escritora muquiense.

O projeto realiza uma oficina de arte em estêncil com etapa introdutória sobre memória, trabalhando os ícones de Muqui em moldes vazados gerando experiências sensíveis e artísticas no bairro onde moram, decorando ou ressignificando muros das ruas e as fachadas de suas casas, transformando seu espaço de vivência em um ambiente mais colorido, harmônico e coerente com a memória ou a iconografia que lhes pertence. A oficina artística é desenvolvida pelo artista plástico e designer muquiense Wilson Ferreira e a oficina de memória e pertencimento é realizada pelo jovem muquiense e gestor de projetos criativos Jussan Silva e Silva.

Arte, turismo & empreendedorismo

Além de gerar conhecimento sobre memória e arte, o objetivo do projeto “Arte Entre Morros” é desenvolver culturalmente e artisticamente talentos locais com capacidade para que jovens e adultos tornem-se irradiadores de conhecimento, podendo eles se tornarem líderes de um processo cujas características artísticas tornam-se instrumento para geração de renda, atualização e revitalização da estilização de camisas e uniformes da bateria e da própria estrutura física do Boi Pintadinho, tradição cultural dos carnavais folclóricos de Muqui.

A proposta das oficinas é realizar um mapa iconográfico que represente a identidade local de moradores e, inclusive, dos participantes dos Bois Pintadinhos no cenário periférico urbano de Muqui pensando coletivamente e organicamente em intervenções artísticas e outros produtos criativos baseados nas escolhas turísticas que norteiam a economia local e que sejam produtos em potencial para este público. Outro objetivo do projeto é potencializar a geração de emprego e renda e possibilitando que os próprios morros sejam vistos como uma área de potencial turístico da cidade.

“Arte Entre Morros” é uma realização de Jussan Silva e Silva em parceria com a Caju Produções e moradores de Muqui. A ação tem o apoio da Casa das Tintas e da Galeria Art Causa e é realizado com recursos do Funcultura, da Secretaria de Estado da Cultura – Secult (ES) através do Edital de Artes Visuais de 2016.